É Natal ... É Natal ...!


Afinal o que é o Natal ?

É a televisão que nos bombardeia com action mans de todo o tipo ... barbies cintilantes cada vez mais provocantes , os filmes estupidos que repetem todos os benditos anos , galas de beneficiencia em todos os canais e para não falar dos natais dos hospitais ... Fica aqui um lembrete: os desgraçadinhos dos doentes estão lá o resto do ano ok?
E quando saímos á rua ?
É o delirio das crianças nos shoppings á espera de um tony qualquer que foi pago (ou talvez não) para vestir a farda do Grande Senhor Pai natal ! E o coitado lá vai dando uns sorrisos e aturando as dezenas de pestinhas que entram em transe só de o ver ... mas o pior não é isso ... o pior é quando crescerem e descobrirem que o tal tony daquele dia fantástico afinal não existe ! Ahahah e aí a desilusão vai doer ! Porque a mim doeu ! (bah)

Porque raio existe o pai natal ?
Afinal nós não andamos cá há 2008 anos porque uma desgraçada imaculada que engravidou por inseminação celestial teve um bébé que deveria mudar o mundo ? E por causa do Trio Maravilha dos reis magos que se lembraram de oferecer umas prendas giras e tal a um puto que nasceu nas palhinhas e assim ?
Então onde raio aparece o Pai Natal nesta história ? Ele nem faz parte do presépio!?!!!
Ah mas claro o Pai Natal é fixe e assim... Tem dotes de alpinista e tal , sobe pelos telhados , entra pelas chaminés ( quando cabe claro ) dá presentes giros e tal... Nós é que gastamos o dinheiro nos presentes ele é leva o proveito !
Claro o Pai Natal …O famoso Pai Natal !
Aquele velho, gordo, barbudo com miopia que usa roupas ridículas que até foi pago para fazer aquilo (ou talvez não) e que gosta de andar com criancinhas ao colo? Parece-me no mínimo alarmante a vocês não?!?
O pai Natal pode andar com criançinhas ao colo e o Carlos Cruz não ? Está mal pá!

Quando o natal acabar todos vão pensar e suspirar ufffff o Natal felizmente acabou, estou livre, já ninguém se lembrará de falar ao vizinho, ajudar os doentinhos nem de ajudar a velhinha a atravessar a passadeira, volta tudo ao cinismo habitual, a indiferença de mais um dia igual a tantos outros …
E a preocupação do momento vai ser a passagem de Ano ... Ahh o Reveillon humm isso sim muita festa , muito alcool ( eu tb gosto deixem lá ) a meia noite vai tocar vai ser tão giro festejar , festejar muito !
Pedir todos os desejos porque achamos que só naquele dia é que é possivel pedi los e vamos ficar á espera que eles se realizem(eternamente) ... e vamos fazer um esforço enorme para comer as benditas passas ! Até mesmo aqueles que não gostam , mas ok a tradição manda ... o pessoal obedece e come passas !
Vamos lembrar nos daqueles que não estão presentes e para afogar as mágoas vamos beber á conta disso , fazer brindes a tudo ! ... Depois acaba a festa e vamos a rastejar para a cama!
E pronto ... Acaba se o encanto das férias , dos presentes , da euforia e o espirito natalicio e festivo POUUUFFFF esfumaça se no ar ...
Voltamos aos dias normais, as noticias voltam a ser chocantes mas ninguém quer saber, os mendigos continuam na rua ao frio, e as crianças em áfrica morrem de fome, mas nós cá estamos felizes e despreocupados …Sim completamente felizes … Porque afinal já não é Natal!

É Natal, é Natal , morrem criancinhas, não faz mal... não faz mal...ficam mais prendinhas… la la la la la la


Mais uma vez vão achar que sou uma revoltada com a sociedade !
Mas nem vou querer saber disso porque talvez o meu defeito maior é ser muito mas muito realista !

Bem e depois de mais um desabafo ...

Fica a pergunta : E tu ainda acreditas no Pai Natal ?

Feliz Natal ! E façam o favor de serem felizes !


2 comentários:

PauloSousa disse...

És realista sim, mas nós precisamos de gente como tu, se todos os nós fossemos realistas, e não vivessemos todos nesta ilusão de que estamos no Paraíso, secalhar seríamos mais competentes e conseguiriamos entender que a vida não é um filme da Disney.
Para isso já nos basta o canal Panda!

Anonimous disse...

Adorei a tua visão sobre o natal
E ja agora aproveito para dar os parabens ao blog esta fantastico.